Pequeno poema em consideração aos anjos

É tarde e ela dorme
como se tivesse conquistado o mundo.
Satisfeita,
dorme:
as batalhas em seu rosto, as lutas,
o corpo a corpo, o medo, a vitória
são meros traços em seu sono
de verão.

Anúncios

3 Responses to “Pequeno poema em consideração aos anjos”


  1. 1 Filipe abril 17, 2008 às 6:56 am

    As marcas do tempo e das lutas só embelezam aquelas que saber se portar como vencedoras nas batalhas celestes.

  2. 2 Srta. Bia abril 19, 2008 às 7:27 pm

    ah… realmente espero dormir assim um dia, como se tivesse conquistado o mundo.

  3. 3 Patricia abril 23, 2008 às 4:30 pm

    Faz muito tempo desde a última vez que dormi assim, satisfeita.
    Acho que ando filosófica demais, mesmo. Mas ando também dispensando Paulo Coelho heh.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Burguesia

Híbrido espanto: poemas, contos, comentários e de vez em quando ciências sociais.

Calendário

abril 2008
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Páginas


%d blogueiros gostam disto: